Yes Australia Logo - www.yesaustralia.com

  Home      Mapa do site

Portal Cultural sobre a Austrália

Bandeira da Australia  English      Español    

.Você está no tópico :

Comunicação

Recomendar o Y.A.
Links Correlatos
Email
Links Patrocinados
Aviso:
banner

Nota importante: yesaustralia.com mudou em Janeiro de 2007para um website mais novo e abragente chamado www.portaloceania.com

.

 

 

Grande Barreira

 de

 Corais da Austrália

Você pode imaginar o espetáculo que é uma fileira de Corais que se estende por milhares de km, e que somente pode ser vista por completo por um astronauta no espaço? Com 2.200 km de extenção, a Grande Barreira de Corais da Austrália  é formada por uma infinidade de anéis como em uma corrente. Equivocadamente muitos pensam que a barreira é contínua, mas não é. São zilhões de formações de corais com várias formas diferentes umas próximas das outras, mas que na maior parte de sua extensão não se tocam, e muitas vezes estão até mesmo à dezenas de quilômetros de distância da sua vizinha. Também a Grande Barreira não é uma única linha. Existem 3 linhas bem distintas: a mais de fora, uma intermediária, e outra mais perto da costa, que ao longo da toda a extensão, aparecem e desaparecem, ou até mesmo somem por completo na medida que atingem águas mais frias.

.

  Alguns fatores atrapalham o crescimento de Corais. Um deles é a temperatura da água, o outro é o PH e Salinidade. Por isso nenhuma parte da Barreira de Corais poderia ser contínua, pois a água doce de rios e córregos que desaguam no mar, não permite que corais cresçam nessas áreas (essas zonas são chamadas de Passes). A Grande Barreira de Coral da Austrália fica inteiramente no estado de Queensland, e adquire vários nomes de acordo com a sessão. Por exemplo: Capricorn Session, que obviamente fica na altura do Trópico de Capricórnio, North Session em frente de Cairns e Port Douglas, e Whitsunday Session em frente as ilhas Whitsundays, e assim por toda a extensão. A Barreira forma também muitas ilhas, sendo que uma boa parte delas, hoje abriga resorts maravilhosos ou são completamente desertas. É possível acampar em alguma delas com autorização do departamento de Conservação mas é preciso levar tudo o que for usar, principalmente água, comida e protetor solar. Note que muitas dessas sessões são consideradas Parques Nacionais Marinhos, e nada pode ser coletado a não ser fotos. 

.

Mas a maior parte da barreira é mesmo composta de recifes de Corais distribuidos em anéis como falamos anteriormente. Para se chegar lá, existem uma quantidade grande de Barcos e Catamarãs de alta velocidade ultra confortáveis que partem diariamente para sessões diferentes. Os passeios são normalmente de um dia inteiro, mas pode-se efetuá-los em quantos dias seu bolso permitir, incluindo mergulhos noturnos. Os passeios são caros, e quanto mais longe da costa se for, mas caro fica. Se você for um entusiasta por mar e por Corais, vale a pena pagar. Tudo depende da cidade que você escolher para sair para a Barreira. Por exemplo, Cairns é a mais famosa, mas dependendo do passeio que escolher, vai jogar seu dinheiro e tempo fora. A primeira vez que fomos, éramos 4 pessoas e não queríamos gastar muito, por isso escolhemos o passeio mais barato que era até a Green Island, 20 km mar afora de Cairns. As fotos turísticas eram espetaculares, mas chegamos numa ilhota com outros 150 turistas. Os corais estavam degradados, pisados e feios. Só depois soubemos que tínhamos que ir bem mais afora para ver formações majestosas. Foi uma grande decepção. Lembre-se que Cairns e Port Douglas, são famosos internacionalmente e atraem multidões de turistas, sendo o ponto onde a Barreira está mais perto da costa, e principalmente pelos vôos diretos da Ásia. Mas o barato não compensa, prefira os passeios que vão até os recifes de fora, mesmo custando mais caro. Definitivamente se você quiser ver algo decente, prepare-se para pagar no mínimo A$ 120 por pessoa para um dia de passeio, que normalmente inclui todo o material de mergulho como Máscara, pé-de-pato e respirador (garrafas de mergulho à parte), passeio no barco de fundo de vidro, e comida a bordo (bebidas à parte).

.

De Norte para Sul, você pode sair para a Barreira de Corais das cidades de Cooktown, Port Douglas, Cairns, Mission Beach, Townsville, Arlie Beach, Mackay, Rockhampton, Gladstone, Bundaberg e Town of 1770, esta última fica a apenas 5 horas de carro de Brisbane. Fizemos o passeio à partir de Town of 1770 para o Fitzroy Reef e adoramos. Não é porque eles estão anunciando no Yes Australia que estamos enchendo a bola deles não. É porque é bom mesmo, vale a pena os A$ 120 que cobram. Mesmo que decidam não mais anunciar ainda vamos continuar a promovê-los, pois adoramos o serviço de bordo, e os corais foram os mais bonitos que já vimos em nossas vidas, além da quantidade de peixes multicoloridos ali é impressionante. Outro que não fizemos, mas que soubemos ser muito bom, é o que sai de Townsville. Os demais não temos ainda avaliações para comentar. Os passeios saem normalmente às 8 da manhã e voltam às 5 da tarde, e partem determinados dias da semana, sendo que em cidades como Cairns e Port Douglas partem diariamente. Só em caso de mar bravo e ventos fortes é que são cancelados. Procure não ir em dias nublados, pois as cores dos Corais só ficam realçadas com sol, caso contrário verás tudo azul. Mas não se preocupe muito com isso, pois em Queensland tem mais de 300 dias de sol por ano.

.

Conclusão: Não há necessidade de subir até Cairns só para ver a Grande Barreira de Corais da Austrália. Você pode-fazê-lo de outras cidades em Queensland. A dica é: quanto menos badalado e menos turistas visitam um determinado ponto da Barreira, mas chances de você se deparar com um cenário dos mais incríveis. Para saber mais, visite a página em português de nosso patrocinador a 1770 Holidays

 

Clique aqui para ver mapa (não muito bom) da localização da Grande Barreira

                                                                         

 
 
Google
 
Web www.yesaustralia.com
 
 

Imagens nessa página cortesia do Tourism Queensland

 

 

                                                 © Copyright 2002 - 2006 - Yes Australia -   Condições de  uso e Aviso de Copyright